Batalha Espiritual “Mitos e Verdades” – O Campo de Batalha

Batalha Espiritual “Mitos e Verdades” – O Campo de Batalha

Apostolo Palhuca

Efésios 6:12

“porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.” Efésios 6:12

Vimos no nosso primeiro estudo que a batalha espiritual é uma realidade quer estejamos conscientes ou não, mas que devemos evitar o extremo de atribuir tudo a Satanás ou negar a sua atuação. Depois vimos que a batalha espiritual não é entre Deus e Satanás, pois esta Deus já venceu (Cl 2:15), e que Satanás se opõe a todos nós operando através do mundo, da carne e em ataques diretos. Concluímos com uma citação de Neil Anderson que sintetiza bem a verdade central na questão da luta espiritual: “Enquanto o Diabo confundi-lo e cegá-lo com suas mentiras, você não conseguirá ver que as cadeias que uma vez o prenderam estão partidas. Você está livre em Cristo, mas se o Diabo puder enganá-lo e leva-lo a crer que está preso, você não experimentará a liberdade que é sua herança” Neil Anderson – Quebrando as correntes. P. 13
Hoje, dando continuidade a série, queremos meditar sobre onde ocorre a batalha espiritual, pois toda batalha tem um campo em que ocorre. Assim, o nosso tema será “O Campo de Batalha”.
Três frentes da batalha espiritual
Podemos dizer que há três campos de batalha espiritual: O Físico/Material, A Mente/Coração e As Regiões/Lugares Celestiais.
Físico/Material
Será que a Batalha Espiritual tem ação no campo físico? Até que ponto Satanás e seus anjos caídos podem agir na dimensão física/material?
Há vários textos que nos mostram que o físico/material é um dos campos da batalha espiritual. Vejamos alguns textos:
– Jó 1:12 – “Disse o SENHOR a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está em teu poder; somente contra ele não estendas a mão. E Satanás saiu da presença do SENHOR.”, nos mostra claramente que Satanás pode interferir na realidade física, no mundo material.
– O texto de Marcos 5 narra a história de um homem gadareno possesso de espírito imundo. Esse espírito, que depois o texto revela ser uma “legião”, mantinha o homem cativo e vivendo no meio dos sepulcros. Aqui vemos claramente a dimensão física da batalha, manifestada numa situação específica que é a possessão.
“E os espíritos imundos rogaram a Jesus, dizendo: Manda-nos para os porcos, para que entremos neles. Jesus o permitiu. Então, saindo os espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada, que era cerca de dois mil, precipitou-se despenhadeiro abaixo, para dentro do mar, onde se afogaram.” Mc 5:12-13
Esse tema precisa ser estudado, pois além de ser controverso demanda entendimento para não fazermos afirmativas equivocadas.
– Duas narrativas mostram que a ação de demônios estava gerando enfermidade, lembrando que nem toda enfermidade é gerada pela ação de Satanás. A primeira é de um menino endemoninhado (Marcos 9.14-29) que pela ação de espíritos malignos era surdo, mudo e epilético. A segunda é de uma mulher encurvada (Lucas 13.10-17) que pela ação de espíritos malignos andava curvada e não conseguia se endireitar. Em ambos os casos houve cura a partir da libertação espiritual, como fica claro nos textos:
“Vendo Jesus que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai deste jovem e nunca mais tornes a ele.” Mc 9:25; “Por que motivo não se devia livrar deste cativeiro, em dia de sábado, esta filha de Abraão, a quem Satanás trazia presa há dezoito anos?” Lc 13:16
Mark I. Bubeck comenta essa questão do campo físico/material: “Satanás nos ataca através de circunstâncias difíceis e assaltos físicos, e procura nos matar. João 8:44 chama Satanás de homicida. Na experiência de Jó com as tentações de Satanás, o foco do ataque era sobre a sua pessoa física e tudo quanto possuía. Este inimigo nos roubaria de tudo o que temos e então nos mataria se Deus não o impedisse.” Martin I. Bubeck – O Adversário p. 81
Mente/Coração
Satanás cega o entendimento das pessoas, incrédulas e crentes, usando como estratégia o engano. E o caminho para o engano começa com a mentira. Isso fica claro na sequencia de textos bíblicos:
“nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.” 2 Coríntios 4:4
“Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo…” 2 Coríntios 11.3
O diabo é o pai da mentira (João 8:4), e usa da mentira para enganar as pessoas como fez com Eva no Jardim do Edem -“Disse o SENHOR Deus à mulher: Que é isso que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente me enganou, e eu comi.” Gn 3:13. Essa é a forma pela qual Satanás ataca a mente das pessoas: cega o entendimento usando a dúvida e a mentira levando ao engano, e desta forma leva as pessoas cativas a fazerem sua vontade.
Regiões/Lugares Celestiais
“A expressão é vaga, não com a indeterminação da incerteza, mas por ser a descrição de coisas que ultrapassam nossa plena compreensão. O uso do termo é limitado a epístola aos Efésios (1.31.202.63.106.12).” (Novo Comentário da Bíblia).
– Algumas definições:
“A interpretação mais próxima a que podemos chegar é a seguinte: o termo refere àquele reino das realidades espirituais em que as grandes forças do bem e do mal combatem; em que, também, Jesus Cristo está assentado soberanamente, e nós simbolicamente, nele. É o reino da experiência espiritual não um lugar físico, mas uma esfera de realidades e experiências espirituais.” Novo Comentário da Bíblia
“Isto é, na esfera dos bens e experiências celestiais da qual os cristãos passaram a fazer parte por meio de sua associação com Cristo ressurreto.” A Bíblia Anotada Expandida
“É a esfera da operação demoníaca…” Bíblia Vida Nova
– Análise dos textos
– “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de benção espiritual nas regiões celestiais em Cristo,” Efésios 1:3. Lugar onde já fomos abençoados com toda sorte de bênção espiritual.
“o qual ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar-se à sua direita nos lugares celestiais,” Efésios 1:20. Lugar onde Cristo está assentado à direta de Deus.
“Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus,” Efésios 2:6. Lugar onde estamos posicionalmente assentados com Cristo. Naturalmente que ainda vivemos neste mundo e na dimensão física, mas esse assentar nos lugares celestiais posicionalmente implica que desde já somos participantes de toda herança que Deus nos preparou.
“A intenção dessa graça era que agora, mediante a igreja, a multiforme sabedoria de Deus se tornasse conhecida dos poderes e autoridades nas regiões celestiais,” Efésios 3:10. Lugar onde habitam os poderes e autoridades (principados e potestades – Almeida Revista e Atualizada).
“porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.” Efésios 6:12. Lugar onde acontece a verdadeira batalha. Há consenso entre todos os comentaristas bíblicos de que este texto mostra uma hierarquia nas forças satânicas.
Olhando todos os textos podemos concluir que: Regiões/Lugares celestiais é o lugar onde Cristo ressurreto habita e com ele posicionalmente nós habitamos, e onde já recebemos toda sorte de bênçãos espirituais, mas também é habitação dos principados e potestades, e onde ocorre a luta espiritual.
Considerações Finais
Vimos que há três campos de batalha espiritual: Físico/material, Mente/Coração e Lugares/regiões celestiais. Há uma tendência de exagerar quando pensamos em cada uma delas. A que nos parece menos ofensiva é a mente, mas digo que aqui está a maior e mais intensa frente de batalha, e por isso o somos aconselhados a guardar o coração: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida”. Provérbios 4:23.
Na verdade cada frente de batalha demanda estratégias e ações objetivas e específicas. Conhecer, tomar posse e vivê-las nos conduzirá a vida vitoriosa. Trataremos disso na nossa terceira e última mensagem da série, com o tema: Batalha Espiritual – Passos para Vitória.

APERTE O PLAY NA FOTO E OUÇA O APÓSTOLO PALHUCA AO VIVO AGORA


Autor AP Mauricio Palhuca Terapeuta Sentimental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat