Paulo Guedes cancela ida ao Senado em meio às negociações da reforma da Previdência

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou sua participação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que estava agendada desde semana passada para esta terça-feira (12). Ele atendia a um convite dos senadores para discutir dívida dos estados e remarcou a presença, a princípio, para o dia 26 de março, conforme informações da Secretaria do colegiado.
De acordo com a CAE, a informação de que Paulo Guedes não iria mais chegou no início da noite de segunda (11), com a justificativa de incompatibilidade de agenda. Já o Ministério da Economia, por meio da assessoria de imprensa, diz que “o compromisso não constou na agenda do ministro”. A participação de Guedes, porém, estava na pauta da comissão e havia sido anunciada pelos senadores desde semana passada.
As reuniões da CAE acontecem sempre às terças, a partir das 10h. Na manhã de hoje, entre os compromissos de Guedes estavam uma reunião com o ex-deputado Silvio Costa e a participação na cerimônia, no Palácio do Planalto, de recepção do presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez.
Um outro compromisso no Senado que era esperado também para essa semana, na quarta (13), mas que não foi confirmado: uma sessão temática a convite do presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e dos líderes partidários, dessa vez no plenário, para debater a reforma da Previdência.
A ausência de Guedes ocorre no momento em que o governo tenta articular e unir a base em torno do texto da reforma da Previdência. Apesar do convite tratar de dívida dos estados, claro que a reforma seria tema do debate. A proposta ainda está na Câmara, mas seguirá para o Senado tão logo seja aprovada pelos deputados.
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, contudo, primeiro local por onde a proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata do assunto deve passar, sequer foi instalada ainda. Há expectativa de que isso ocorra amanhã.
Líderes decidem segurar reforma da Previdência na CCJ até envio de novas regras para aposentadoria dos militares
Paulo Guedes é esperado no Senado essa semana para debater Previdência e dívida dos Estados
FONTE E CRÉDITOS  Congresso em Foco.

COMPARTILHE !!

WhatsApp chat